Não é que você seja diferente, mas é que ninguém consegue ser igual a você.

William Shakespeare.   (via p-oetizarei)

Só queria dormir com ela, no sentido mais inocente da palavra. Mas eu não tinha coragem. Ela tinha um namorado. Eu era um palerma. Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuvas, eu era a garoa e ela, um furacão.

Quem é você, Alasca?  (via ergueu)

Anjos não morrem, apenas voltam para casa.

Desconhecido.  (via principar)

Cuidado. Olhos bem abertos. Cabeça erguida. Porque na maioria das vezes os inimigos são os que estão mais perto.

Dois tons de amor.   (via relevou)

Moça, você tem um coração bom, não deixe que ninguém tire isso de você.

TM.  (via diminuido)

Admito, eu quase desisti de tudo. Eu estava a beira de um abismo, lutei pra sair de lá, mas tinha hora que minha vontade era de se jogar, de acabar com tudo de uma vez, de por um ponto final em todos aqueles problemas.

Evans Torrez   (via invenar)

Eu tenho um medo desse “pra sempre”.
As pessoas falam em “pra sempre” o tempo todo. Mas qualquer mínimo detalhe acaba o pra sempre, acaba a felicidade, foi cada um pro seu lado e cai a ficha da realidade.

Caio Araújo (via desajustou)

Começo a significar cada vez menos pras pessoas, e elas pra mim.

Velho Bukowski.  (via imersamente)

Você tem que parar de sentir falta, de quem não sente de você.

Caio Fernando Abreu.    (via acres-centar)